+

Open Banking

Conheça o sistema que começou a ser implementado no Brasil pelo Banco Central e fique por dentro de todas as novidades com o BTG+.

Entenda o que é Open Banking

O Open Banking, ou sistema bancário aberto, possibilita que os clientes de produtos e serviços financeiros permitam o compartilhamento de suas informações entre diferentes instituições autorizadas pelo Banco Central.

Assim, a movimentação de suas contas bancárias pode ser feita a partir de diferentes plataformas de forma segura – e não apenas pelo aplicativo ou site do banco.

Você é dono dos seus dados

Na prática, o cliente é dono dos seus dados financeiros e pode escolher quando e com quais empresas vai compartilhá-los. Imagine todo o histórico de contas pagas em dia, salários depositados, prestações, empréstimos e perfil de gastos.

Com o Open Banking, você vai conseguir levar todas essas informações para onde quiser, sem precisar começar um relacionamento do zero com um novo banco.

Conheça as vantagens do Open Banking

Mais ofertas

O Open Banking cria um ambiente
mais competitivo para a criação
de novos produtos e ofertas com
condições mais vantajosas, como
tarifas mais baixas.

Mais experiência

É possível criar soluções mais
personalizadas: quem tem mais de
uma conta bancária, por exemplo,
vai poder ver todas as suas
informações em um único lugar.

Mais controle

Como donos de seus dados
financeiros, os clientes passam a
ter mais liberdade e autonomia
na hora de mudar de banco.

Confira as fases de implementação do Open Banking

Fase 1 – 01/02/2021

Dados das próprias instituições financeiras

Os dados compartilhados serão das próprias instituições financeiras: informações sobre tipos de contas, cartões, créditos, tarifas, taxas e canais de atendimento.

Fase 2 15/07/2021

Dados cadastrais e de conta

Os clientes vão poder compartilhar dados cadastrais, informações de contas bancárias (como depósito, poupança e pagamento), cartões e operações de crédito.

Fase 3 – 30/08/2021

Pagamentos e crédito

Os clientes vão poder fazer pagamentos em qualquer conta e compartilhar o envio de propostas de crédito por diferentes instituições.

Fase 4 – 15/12/2021

Câmbio, investimentos e seguros

Outros dados de clientes começam a ser compartilhados, como operações de câmbio, investimentos, seguros e conta salário.

Tem alguma dúvida

Pode deixar que a gente te explica

O que é Open Banking?

Open Banking, ou “sistema financeiro aberto”, em português, é o compartilhamento de dados e serviços entre instituições autorizadas pelo Banco Central do Brasil. Vale ressaltar que é sempre o cliente (pessoa física ou jurídica) que decide quando e com quem deseja compartilhar seus dados pelo sistema.

Para mais informações, acesse a FAQ do Banco Central:
https://www.bcb.gov.br/acessoinformacao/perguntasfrequentes-respostas/openbanking

Quais são os benefícios do Open Banking?

O Open Banking trará mais agilidade, conveniência e segurança. Além de possibilitar a integração de serviços financeiros à sua jornada digital, o sistema poderá criar novos modelos de negócio. Por exemplo, comparadores de preços, produtos e serviços que vão te dar mais vantagens na hora de fazer escolhas, além de oferecer produtos mais adequados às suas necessidades.

Para mais informações, acesse a FAQ do Banco Central:
https://www.bcb.gov.br/acessoinformacao/perguntasfrequentes-respostas/openbanking

Como será o processo de implementação do Open Banking?

O Open Banking será implementado em fases, de forma gradual. Veja, a seguir, o que está previsto para acontecer em cada etapa.

Primeira fase: abertura de dados das próprias instituições participantes em relação a seus canais de atendimento e aos produtos e serviços que oferecem. Nesta etapa, ainda não há compartilhamento de dados dos clientes.

Segunda fase: aqui, você poderá compartilhar seus dados cadastrais, além de informações sobre transações de conta corrente, conta de pagamento pré-paga, poupança, pagamentos de cartões e operações de crédito.

Terceira fase: nesta etapa, você poderá iniciar as transações de pagamento e o encaminhamento de propostas de operação de crédito.

Quarta fase: na última fase, será possível compartilhar informações sobre outros produtos, serviços e transações, como operações de câmbio, investimentos, seguros, previdência complementar aberta e contas-salário.

Para ver mais detalhes sobre cada fase e suas datas, acesse a FAQ do Banco Central:
https://www.bcb.gov.br/acessoinformacao/perguntasfrequentes-respostas/openbanking

Posso iniciar um pagamento por uma instituição diferente da que mantém minha conta?

Sim. Conforme a regulamentação em vigor, você poderá iniciar um pagamento por uma instituição diferente daquela em que você tem conta, desde que ela tenha o seu consentimento prévio.

Para mais informações, acesse a FAQ do Banco Central:
https://www.bcb.gov.br/acessoinformacao/perguntasfrequentes-respostas/openbanking

Quem poderá autorizar o compartilhamento de dados pelo Open Banking?Accordion Item

Apenas os clientes (pessoa física ou jurídica) poderão autorizar o compartilhamento de seus dados entre as instituições participantes do Open Banking com as quais eles tenham relacionamento.

Para mais informações, acesse a FAQ do Banco Central:
https://www.bcb.gov.br/acessoinformacao/perguntasfrequentes-respostas/openbanking

Quando poderei compartilhar meus dados pelo Open Banking?Accordion Item

A implementação do Open Banking acontecerá em fases. A partir da segunda etapa, você poderá solicitar o compartilhamento de informações cadastrais e transacionais de contas de depósito à vista, contas de pagamento pré-pagas, de poupança, de cartão e operações de crédito. No futuro, outras informações também poderão ser compartilhadas (sempre com o seu consentimento).

Para mais informações sobre as instituições habilitadas para compartilhar e receber dados, acesse a FAQ do Banco:
https://www.bcb.gov.br/acessoinformacao/perguntasfrequentes-respostas/openbanking

Com quem poderei compartilhar meus dados pelo Open Banking?

Você poderá solicitar o compartilhamento de seus dados às instituições financeiras, de pagamento ou demais instituições autorizadas a funcionar pelo Banco Central do Brasil. Para mais informações sobre as instituições participantes, clique aqui.

Para mais informações, acesse a FAQ do Banco Central:
https://www.bcb.gov.br/acessoinformacao/perguntasfrequentes-respostas/openbanking

Estou automaticamente registrado no Open Banking?

Não. Para compartilhar seus dados pelo Open Banking é preciso que você dê seu consentimento para determinadas finalidades à instituição para a qual você quer enviá-los. Esse consentimento tem validade de 12 meses (exceto nos casos de contrato de trato sucessivo). É importante destacar que esse processo é feito em ambiente digital seguro e com a sua identificação, mas só estará disponível a partir da segunda fase de implementação.

Para mais informações, acesse a FAQ do Banco Central:
https://www.bcb.gov.br/acessoinformacao/perguntasfrequentes-respostas/openbanking

Como eu autorizo o compartilhamento dos meus dados pelo Open Banking?

Primeiro, você deverá se identificar e dar seu consentimento no canal eletrônico da instituição que você quer que tenha acesso aos seus dados. Em seguida, você será redirecionado para a instituição que mantém tais dados e, nesse ambiente, deverá autenticar a sua identidade e confirmar o compartilhamento. No último passo, você será redirecionado ao ambiente onde foi feita a solicitação inicial para confirmar os dados e efetivar a solicitação. Concluído esse processo, seus dados serão compartilhados, observando o prazo de validade do consentimento.
Lembre-se de que todo o processo ocorrerá exclusivamente pelos canais eletrônicos das instituições.

Para mais informações, acesse a FAQ do Banco Central:
https://www.bcb.gov.br/acessoinformacao/perguntasfrequentes-respostas/openbanking

Quem poderá autorizar o compartilhamento de meus dados no Open Banking?

Só você pode pedir o compartilhamento dos seus dados no Open Banking! As instituições financeiras ou de pagamento não poderão transmitir as suas informações no Open Banking sem a sua autorização.

Para mais informações, acesse a FAQ do Banco Central:
https://www.bcb.gov.br/acessoinformacao/perguntasfrequentes-respostas/openbanking

Será cobrado algum valor pelo compartilhamento de dados no Open Banking?

Não. Não será cobrado nenhum valor a você pelo compartilhamento de dados.

Para mais informações, acesse a FAQ do Banco Central:
https://www.bcb.gov.br/acessoinformacao/perguntasfrequentes-respostas/openbanking

Recebi uma comunicação solicitando compartilhamento dos meus dados, o que eu faço?

Somente prossiga com o consentimento caso você tenha solicitado o compartilhamento de dados para a instituição. Caso desconfie da origem da comunicação recebida, entre em contato com a instituição que enviou a mensagem.

Para mais informações, acesse a FAQ do Banco Central:
https://www.bcb.gov.br/acessoinformacao/perguntasfrequentes-respostas/openbanking

Quem poderá permitir o compartilhamento dos meus dados?

Só você pode autorizar o compartilhamento dos seus dados no Open Banking. As instituições financeiras ou de pagamento não poderão transmitir seus dados pessoais a terceiros sem o seu consentimento expresso.

Para mais informações, acesse a FAQ do Banco Central:
https://www.bcb.gov.br/acessoinformacao/perguntasfrequentes-respostas/openbanking

Como eu cancelo o compartilhamento dos meus dados pelo Open Banking?

Você pode pedir o cancelamento tanto na instituição em que você deu o consentimento quanto na que transmitirá a ela os seus dados. Cada uma delas vai indicar a maneira exata para revogar o consentimento, assim como os canais de atendimento disponíveis. Você sempre poderá pedir a retirada do consentimento pelo mesmo canal de atendimento em que ele foi concedido, se este ainda estiver disponível. Após a sua solicitação, o consentimento será cancelado de forma imediata ou, no caso da iniciação de pagamentos, em até um dia.

Para mais informações, acesse a FAQ do Banco Central:
https://www.bcb.gov.br/acessoinformacao/perguntasfrequentes-respostas/openbanking

Por meio de quais canais poderei pedir o compartilhamento?

Você só poderá solicitar o compartilhamento de dados e serviços do Open Banking por meio de canais digitais como mobile e internet banking das instituições financeiras, de pagamento ou demais instituições autorizadas a funcionar pelo Banco Central do Brasil.

Para mais informações, acesse a FAQ do Banco Central:
https://www.bcb.gov.br/acessoinformacao/perguntasfrequentes-respostas/openbanking

Ainda não sou correntista de um banco, mas utilizo produtos financeiros como financiamento, crédito ou seguro.Também posso compartilhar dados?

Sim. Na Fase 4, após identificado pela instituição receptora dos dados, você poderá autorizar o compartilhamento de dados pelo Open Banking que estejam mantidos em outras instituições participantes.

Para mais informações, acesse a FAQ do Banco Central:
https://www.bcb.gov.br/acessoinformacao/perguntasfrequentes-respostas/openbanking

É seguro compartilhar meus dados no Open Banking?

Sim. Preservar a segurança em relação aos dados e serviços compartilhados é um dos principais objetivos do Open Banking.
Por isso, as instituições participantes devem cumprir uma série de requisitos para garantir a autenticidade, a segurança e o sigilo das informações compartilhadas.

Para mais informações, acesse a FAQ do Banco Central:
https://www.bcb.gov.br/acessoinformacao/perguntasfrequentes-respostas/openbanking